Gestão Ambiental

Gestão Ambiental

Atualmente, a geração de resíduos pelas diversas atividades humanas constitui-se em um grande desafio a ser enfrentado pelas administrações municipais, sobretudo nos grandes centros urbanos. Tais desafios têm gerado políticas públicas e legislações, tendo como eixo de orientação a sustentabilidade do meio ambiente e a preservação da saúde. Grandes investimentos são realizados em sistemas e tecnologias de tratamento e minimização.

Pensando nisso, estamos desenvolvendo diversas ações sustentáveis, em especial com relação ao gerenciamento dos resíduos nas Unidades de Atendimento Integrado UAI do Município de Uberlândia.

Aquisição e instalação de novos aparelhos de Raio-X

A Secretaria Municipal de Saúde adquiriu seis equipamentos de raio-x digitais destinados às Unidades de Atendimento Integrado: Roosevelt, Tibery, Martins, Luizote, Planalto e Morumbi. Os equipamentos das cinco primeiras unidades mencionadas foram instalados no ano de 2019 e o equipamento da UAI Morumbi foi instalado em fevereiro de 2022. A instalação dos equipamentos de raio-X com Kit de digitalização contribuiu para desativação das processadoras de imagem que utilizavam químicos para revelação dos exames. Sabe-se ainda que os exames em filme, possuem uma série de componentes químicos prejudiciais à saúde e ao meio ambiente: metanol, plástico, amônia, prata e bromo, e com a digitalização a utilização destes filmes também foi eliminada. Os novos equipamentos proporcionaram, portanto, além da segurança e ergonomia ao colaborador, a melhoria na qualidade de imagens, revelação digital sem utilização de químicos e menor exposição dos pacientes.

Economia de Água e Energia

A consciência ambiental e social faz da economia de água e energia elétrica não apenas um ato de respeito e cidadania, mas também uma necessidade.

Com a crise na disponibilidade de recursos hídricos, resultante da escassez de chuva ocasionada pelo desequilíbrio ecológico provocado pelas ações do homem, a população está sendo obrigada a conviver e adaptar a rotina ao racionamento de água.

Diante desse cenário foi realizado diagnóstico para adesão a algumas práticas sustentáveis para diminuir o consumo de água e energia nas Unidades de Saúde.

Equipamentos com Selo Procel

Estão sendo substituídos, de acordo com demanda, equipamentos de ar condicionado e eletrodomésticos por equipamentos com Selo Procel

Selo Procel é uma forma de orientar o consumidor na hora da compra, indicando quais produtos que apresentam os melhores níveis de eficiência energética dentro de cada categoria, resultando em economia na conta de energia elétrica.

Ao escolher produtos com o Selo Procel, a economia gerada a longo prazo pode ser equivalente ao preço de um aparelho novo.

Lâmpadas de LED

Foram realizadas as substituições de todas as lâmpadas fluorescentes por lâmpadas de LED. 

Ao contrário das lâmpadas tradicionais, os modelos de LED podem proporcionar até 80% de economia na sua conta de luz. E mais! Além de gastar menos, as lâmpadas de LED também possuem uma vida útil superior às incandescentes e fluorescentes.

Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde - PGRSS

O PGRSS é um documento que aponta e descreve todas as ações relativas ao gerenciamento de resíduos de serviços de saúde, observando suas características e riscos. Baseado nos princípios de não geração, redução e minimização dos impactos, que apontam e descrevem os aspectos referentes a: geração, identificação, segregação, acondicionamento, coleta, armazenamento, transporte, destinação e disposição final ambientalmente adequada, bem como as ações de proteção à saúde pública, do trabalhador e do meio ambiente.

Atualmente as Unidades de Atendimento Integrado – UAIs e os Centros de Atenção Psicossocial – CAPS já possuem o Plano de Gerenciamento de Resíduos Serviços de Saúde – PGRSS. Já nas Unidades Básicas de Saúde – UBS e Unidades Básicas de Saúde da Família – UBSF, o Plano está em fase de implantação. 

Atualmente nas UAIs é realizada a segregação dos resíduos comuns (orgânicos e recicláveis), infectantes e químicos. Nas UBS e UBSF é realizada a segregação dos resíduos comuns e infectantes.

Projeto Hospitais Saudáveis - PHS

As Unidades de Atendimento Integrado – UAIs dos bairros Tibery, Morumbi, Luizote, Planalto, Roosevelt e Martins aderiram ao Projeto Hospitais Saudáveis em 2020. Desde então, as unidades veem apresentando dados importantes para submissão de trabalhos e projetos, sendo eles o inventário de gases de efeito estufa – GEE e o inventário de resíduos.

As unidades estão ativas nos Desafios Clima e Resíduos desde 2020, sempre submetendo os dados referentes ao ano anterior do ano de lançamento. Outra conquista das unidades foi o recebimento dos certificados de menção honrosa pela participação no Prêmio Amigo do Meio Ambiente nos anos de 2020 e 2021.

  • Ano 2020: AMPLIAÇÃO DA COLETA SELETIVA NAS UNIDADES DA REDE SPDM;
  • Ano 2021: CAMPANHA DESCARTE CONSCIENTE.

Em retorno pelas participações, as unidades receberam também os certificados de reconhecimento pela participação completa no ciclo 2020/2021 nos desafios saúde pelo clima e resíduos.

Resíduos Recicláveis – Coleta Seletiva

Apesar das unidades de saúde gerarem resíduos infectantes, uma grande parcela desses resíduos também é considerada do tipo comum e podem ser encaminhados para reciclagem. Por este motivo, buscamos sempre ampliar cada vez mais a coleta seletiva nas unidades, de forma há diminuir os impactos gerados pelos resíduos infectantes e garantir maior quantidade de resíduos enviados para reciclagem. 

A coleta seletiva no município de Uberlândia é realizada pelo Departamento Municipal de Água e Esgoto – DMAE, atualmente possuímos containers específicos para coleta desses resíduos em todas as UAIs e ampliamos para as Unidades Básicas de Saúde – UBS e Unidades Básicas de Saúde da Família – UBSF.

Esses resíduos são encaminhados para cooperativas e associações de catadores de materiais recicláveis e reutilizáveis que possuem parceria com a prefeitura municipal, com objetivo de promover a inclusão social, gerando trabalho e renda, além de conscientizar a população da importância dessa ação.

Troca de Bacias Sanitárias

Há ainda um estudo em andamento, para substituição das bacias sanitárias com descarga por válvula de parede, por modelo com caixa acoplada.

Os vasos que contam com caixa acoplada possuem um fluxo limitado por acionamento e que exigem um tempo para ser liberado novamente; ao contrário do modelo de parede, que mesmo equipada com reguladores de vazão, ainda podem ser acionadas quantas vezes quiser.

Troca de Torneiras

A substituição de torneiras convencionais por modelos com fechamento automático está em andamento. Serão substituídas cerca de 210 torneiras de acionamento convencional por modelos temporizados, nas Unidades de Atendimento Integrado UAI do Munícipio de Uberlândia. 

As novas torneiras possuem uma vazão de água por tempo determinado, gerando uma economia de água de 80% do volume, quando comparado ao modelo convencional. As torneiras ainda possuem certificação LEED. A certificação LEED fornece uma estrutura para criar edifícios sustentáveis, saudáveis, altamente eficientes e econômicos, sendo esta certificação um símbolo globalmente reconhecido de conquista da sustentabilidade.